segunda-feira, março 13

PURO PRAZER #214


Jean Seberg
Lilith

"Se eu aprendesse a confiar nas minhas mãos elas conduzir-me-iam às coisas de que eu gosto?"

10 comentários:

Anónimo disse...

claro que sim...a dúvida está em saber se estamos preparados para ir...aonde nos levam as nossas mãos....

Dulce de Andrade disse...

Air... som hipnotizante... tal como a pergunta crua!

Anónimo disse...

As mãos conduzem "os cegos". Quem "vê" deve confiar naquilo que "sente" e isto poderá levá-lo longe!

Caiê disse...

Ou não... (que pergunta tão francesa! Pensando bem, francesa é a reposta...)

azoriana disse...

Quando entro aqui perco-me na melodia que é linda!!

Rosa Maria

Caiê disse...

Só agora reparei no "Lilith"... Tem de ser assim "A" mulher primordial??
;)

Vera Cymbron disse...

A música é fantástica. As mãos nem sempre chegam a onde devem...mas nem devia dizer isso, nada como manter a fé e a esperança.
Jinho

gmarinho disse...

Já agora para que conste a frase é dita no filme por um homem....

Caiê disse...

Mas estava-se mesmo a ver que era frase de gajo! ;) (E agora só para chatear... se falassem menos e agissem mais? Tanta filosofia desnecessária... E ainda há paixão que resista a essa filosofia toda?!)

Anónimo disse...

Looking for information and found it at this great site... »