quarta-feira, janeiro 16

CHÁ QUENTE #336

Coisas, francamente, importantes:
"O Tribunal de Contas, no seu mais recente relatório da auditoria às Participações Sociais das Autarquias Locais, conclui que em 31 de Dezembro de 2005, os resultados do exercício foram negativos em 17 empresas participadas directa e indirectamente, quatro apresentaram resultados positivos e uma teve resultados nulos, num universo do sector empresarial local dos Açores constituído por 35 empresas, das quais 27 participadas directamente pelos municípios e oito participadas indirectamente (...) o valor nominal do conjunto das participações detidas directamente pelos municípios ascendia a quase nove milhões de euros, sendo que o montante global das responsabilidades assumidas em contratos-programa celebrados entre os municípios e as respectivas empresas municipais, para os próximos 20-30 anos, era de 146 849 538,97 euros"

2 comentários:

Anónimo disse...

Os déficits públicos e para-públicos são medonhos.
Os politicos andam a enganar os contribuintes diáriamente.
O futuro vai ser muito negro....até para mim que sou um optimista por natureza.
O desastre é já a seguir....

tarrasso disse...

pois ... se fossem so as empresas municipais ... faltam ai as dos governos central e regional e seus avales ... cheira mal mas não se ve ... esta debaixo do tapete ...