quinta-feira, novembro 15

CHÁ QUENTE #325

Só para os mais distraídos, George W. Bush vetou uma proposta de lei do Cogresso que estabelecia, entre outros, o ensino do português como segunda língua, considerando-a como "desperdício de dinheiro". É um assunto para as relações externas portuguesas ou a U.E. também deve tomar posição?

4 comentários:

VitorM disse...

É antes de mais, e sem esperar por qualquer posição oficial, um assunto para os portugueses residentes nos EUA tomarem de imediato uma posição

José Carlos Ferreira disse...

"Este é o sexto veto do presidente Bush que ao mesmo tempo que vetou esta medida assinou uma lei que autoriza entregar ao Pentágono, aproximadamente, 460 mil milhões de dólares." so deixo aqui isto

Rui Coutinho disse...

Pouco mais seria de esperar de um completo imbecil.

tarrasso disse...

ao menos não chamou nomes a ninguém ... e concordo com os antecedentes pois quem ouviu ontem a entrevista ao Sandro G. na RDP-A aceitaria de imediato esta lei ... e a ser aplicada tambem em Portugal ... Português como 1 e 2 lingua isso e q era ...