quinta-feira, junho 16

É d'HOMEM #37

Notícia RDP:

Victor Cruz não se demitirá, independentemente do resultado das autarquias: a garantia foi dada hoje na Horta, na apresentação dos candidatos do PSD às câmaras municipais.

...alguém duvida que isto é um recado para o interior do PSD/A? Mais uma vez, sem dar conta, o Sr. Cruz expõe as suas fraquezas!Afiam-se as facas!

6 comentários:

Vulcam disse...

Parece que não é o unico!!!!!!!!!
Dom César em entrevista na RATAPÊ tb afirma que onde o PSA ganhar, ganha e onde perder, perde mas..
Que ele não está a votos...
LOL
Também diz que se ouver crise pode ficar mais um mandato no governo...
Bom, quem avisa com tanta antecedência é nosso amigo.
Marinheiro, Marinheiro não cuspas para o ar que te cai em cima

gmarinho disse...

Oh Vulcam já se esqueceu que essas contas não são para o meu rosário? Devia antes cuidar das rosas do seu jardim pontadelgadense...eheh
Aqui, o mare é liberum para mandar bitaides à direita e à esquerda! eheh e sobre essa entrevista não ouvi nada de novo...eheh ;)

Luis Anselmo disse...

É muito difícil ser oposição numa Região onde predomina a dependência económica. Onde um governo com um elevado orçamento mantem e sustenta uma enorme teia de interesses, numa tentacular intervenção na sociedade.E quem está no poder nos Açores tem a tendência para eternizar-se...

Anónimo disse...

Caro Luís Anselmo, há uns anos havia quem disesse exactamente o mesmo dos seus companheiros de partido.

Vulcam disse...

Mare liberum?????
Olhe que não Dr.
Olhe que não...
Veja o histórico do blog.
LOL
As rosas vão bem, florindo que nem desalmadas , belas e cheirosas..
Mas agora o que está dando são os metrosíderos, vermelhões e barbudos como o pai natal no verão.
Um grande abraço e força nos bitaites
Ah já me esquecia vai dando notícias das preferências musicais, gostei sempre que foste por essa via

João Pacheco de Melo disse...

É interessante constatar como são, sobretudo aqueles que durante mais de 20 anos chamaram alternância à mudança de uns nomes de uma secretaria para outra (sempre com o mesmo capataz no comando), quem, hoje, mais reclama - usando argumentos que lhes serviam como luvas - dos efeitos da primeira verdadeira alternância (pelo menos partidária) nos Açores.

Porém, para que não fiquem dúvidas, devo porém tornar claro;
Se César - em qualquer circunstância - fizer mais um mandato surpreende-me, e desagrada-me!

Claro que ele se está a "marimbar" para mim. Mas eu - e isto, do meu ponto de vista é o mais importante -, nada tenho que me impessa de "marimbar" para ele!

Essa é que é essa!